0 Amor De Dom Perlimplim Com Belisa Em Seu Jardim Cia Ser Ou Nao Cena Teatro Espetáculos Curso Oficina Teatral Montagem Rj Rio De Janeiro Artes (51)

O amor de Dom Perlimplim com Belisa em seu jardim

2012

Amor, fantasia e mistério, são os principais ingredientes deste espetáculo onde nos aprofundamos em diversas linguagens do nosso repertório: gestos, palavras, cores, músicas, sombras e animações. Cada recurso reivindica um sentido próprio e ocupa um lugar precioso na composição da cena. A reconhecida e premiada Direção de arte, somada a força da palavra dita, criaram um ambiente, cuja poesia convida o público a ser testemunha de uma das mais belas histórias da literatura dramática espanhola.

A Obra “O amor de Dom Perlimplim com Belisa em seu jardim” mexe com os sentidos, questiona a vida e espelha sentimentos à muito adormecidos. Se cada poeta tem o dever de cantar sua própria história de amor, Federico Garcia Lorca resolveu gritá-la.

Repleta de risos, inundada de dor, pontuada no mais legitimo sentimento de liberdade. Esta peça mostra-se dramaturgicamente inovadora, não só para época em que foi escrita, mas enquanto desafio cênico para os palcos atuais. A mistura de gêneros, na qual sua natureza esta estruturada nos leva a uma harmoniosa dança entre a força da expressividade cênica e a poesia crítica. Imprescindível; seja pela beleza de sua poética, pela atualidade dos conflitos que aponta, ou pela simples necessidade de relembrarmos a obra de Lorca.

Sinopse

Aprisionado pela incapacidade de imaginar o velho Dom Perlimplim encontra na jovem e ardente Belisa um poder que jamais esperava possuir. Pleno de amor, cria um perigoso jogo de conquista que culmina em um dos mais surpreendentes finais da dramaturgia mundial. Uma canção de amor impossível que oscila entre fantasia, paixão, desejo e morte.

Equipe

Direção e tradução: Daniel Archangelo
Direção de arte: Claudio Sásil
Direção musical e Trilha sonora original: Lula Costa Lima
Músicos: Elenco e Direção musical
Assistente de direção: Lorena Moraes
Segunda assistência: Viviane Miranda
Figurinos: Claudio Sásil e Zelda Sá
Adornos de figurino: Macaca Sofia
Cenografia: Samanta Toledo
Assistentes de cenografia: Mayra Land e Rafael Cardoso
Cenotécnico: Cristiano Peixoto
Caracterização: Rodrigo Reinoso
Iluminação: Nilton César
Platô: Deuza Souza
Coordenação de produção: Suellen Costa
Assistente de produção: Leonardo Tonom
Fotografia: Bárbara Lisboa e Anna Esteves
Assessoria de imprensa: Récorde Comunicações

Elenco

Claudio Sásil
Suellen Costa
Bia Feliciano
Cláudia Videira
Vinícius Sampaio
Daniele de Deus

Uma cadeira exposta no palco, um homem e apenas um faixo de luz…Aos poucos a cena recebe a ação e o espectador se descobre diante de um espetáculo que brinca com a fantasia, o erotismo e a imaginação” –Keren Bonfin – Revista Cultura Plural. PR

Apoio Cultural

apoio-perlimplim1

Compartilhe!